8 ideias para criar um quarto de dormir mais verde

Para quem não prescinde de um estilo de vida o mais amigo do ambiente possível, tornar a casa mais verde é tão importante como a reciclagem. Na divisão que se quer o mais tranquilo possível – o quarto de dormir – existem várias ideias a pôr em prática para transformar esse num santuário mais verde.

  1. Colchão. A base de uma boa noite de sono está no colchão que, para além de ser confortável, também pode ser ecológico – basta optar por modelos confecionados à base de látex natural, lã, algodão orgânico ou melamina. Caso não seja possível trocar de colchão, invista num resguardo de colchão orgânico e hipoalergénico.
  2. Almofadas. Pousar a cabeça numa almofada orgânica é um gesto reconfortante e amigo de ambiente – opte por almofadas ecológicas, ou seja, almofadas em algodão ou lã orgânica. As almofadas cujo recheio é à base de látex natural ou de trigo-sarraceno também são uma boa opção. Para além disso, é importante arejar periodicamente as almofadas da cama, de preferência ao sol.
  3. Roupa de cama. Na hora de abastecer a cama com lençóis, mantas, cobertores e edredões, procure as etiquetas que denunciam produtos 100% naturais, ou seja, confecionados com fibras orgânicas. No Verão, a opção deve recair sobre os lençóis de linho ou de algodão orgânico e, no Inverno, lençóis de flanela orgânicos. Em matéria de cobertores e edredões, a escolha também deve recair sobre os modelos em lã orgânica (mais caros, mas duradouros) ou, em alternativa, os modelos em algodão orgânico. Evite tudo o que tiver poliéster (são confecionados com fibras à base de petróleo) e a seda pura, uma vez que esta requer uma limpeza a seco, um processo muito tóxico.
  4. Outros têxteis. Quem diz a roupa da cama, diz também os restantes têxteis que contribuem para a decoração e aconchego de um quarto de dormir. Também as cortinas, estores e tapetes podem ser escolhidos com um perfil ecológico – basta optar por materiais orgânicos e/ou reciclados, caso do algodão, lã, linho e bambu; ou ainda fibras naturais como o sisal, ervas marinhas ou a fibra de coco.
  5. Mobiliário. No que toca a mobiliário para um quarto de dormir mais amigo do ambiente, a escolha deve recair sobre peças em madeira maciça, evitando mobília com verniz e outros acabamentos do género, madeira prensada e MDF (placa de fibra de madeira de média densidade). Porquê? Estes materiais contêm compostos orgânicos voláteis (COVs) que, para além de comprometerem a qualidade do ar, estão associados a problemas respiratórios, dores de cabeça, náuseas, irritação dos olhos e da pele.
  6. Iluminação. Por norma, o quarto é um refúgio noturno, onde a iluminação artificial é imprescindível – troque todas as lâmpadas tradicionais por lâmpadas ecológicas. Felizmente já existem muitos modelos que emitem uma luz suave e acolhedora, perfeita para uma decoração amiga do ambiente do quarto. Se as velas fazem parte da iluminação do quarto, certifique-se que adquira velas produzidas à base de soja ou cera de abelha – são mais ecológicas, mais saudáveis.
  7. Paredes. Um quarto mais verde também passar por ter paredes amigas do ambiente, o que significa optar por tintas ecológicas, preparadas à base de leite e biodegradáveis ou, em alternativa, papel de parede reciclado.
  8. Calor e frio. O conforto é tudo num quarto, no entanto, é preciso certificar que tem roupa de cama adequada para não recorrer excessivamente ao aquecimento no Inverno, e ao ar condicionado no Verão. Para além de poupar dinheiro, também poupará energia… e o planeta agradece!
A sua votação: